OT Tableaux: tables vs. tableaux

This posts is not simply about making tableaux. There’s a package for that, and you can actually make one yourself without the package. The problem is this: if you have tables and tableaux in your paper/thesis/dissertation, presumably you want two things: (1) you want each tableau to be numbered as ‘Tableau 1: …’; (2) you (may) want to have a list of tables and a separate list of tableaux. If you’ve tried that already, you know this won’t happen automatically. So what I do here is (a) I build a tableau from scratch (no package) and (b) make (1) and (2) above happen. Just follow the code and comment if you have suggestions, please. You’ll notice that, although the text and below is in Portuguese, I’m not using babel, so my ‘Table’ is not translated into Portuguese.


Se você é fonólogo, tableaux são bastante importantes. Não é algo tão complexo do ponto de vista gráfico: trata-se de uma tabela com algumas características específicas. Existem alguns sites que oferecem uma interface de mapeamento, em que você apenas digita restrições, candidatos e violações, e o output é um script em LaTeX pronto. Um exemplo é a página desenvolvida por K. Ryan (veja aqui).

Também há um pacote específico para tableaux (veja aqui). Contudo, o pacote ainda contém alguns bugs, e, convenhamos, não faz nada além de criar uma tabela. Ou seja: se você sabe lidar bem com tabelas em LaTeX, não terá problemas em fazer um tableau. Antes de eu chegar no problema que quero abordar, vamos à estrutura comentada (%) de um tableau bastante básico em LaTeX:

...
\usepackage{multicol,array,arydshln,caption,tipa,bbding}
...
\begin{table}[h]\caption{Um exemplo} % legenda do tableau/tabela

\centering % centralização
\def\arraystretch{1.5} % espaçamento 1.5 para a tabela
\begin{tabular}[c]{|rll || c : c | c |} % número de colunas, alinhamento de texto, e padrões de linhas verticais
\hline 
\multicolumn{3}{|r||}{/input/} \\ 
\hline 
\hline
\HandRight & a & [candidate 1] &  &  &    \\ % marcas atribuídas normalmente com *, ! etc.
\hline
& b & [candidate 2] &  &  &    \\
\hline
& c & [candidate 3] &  &  &    \\
\hline
\end{tabular}
\label{table:OT Tableau} 
\end{table}

Abaixo, o float (tabela, figura etc.) compilado. Como você pode ver, estamos utilizando um tabela (type=table). Portanto, a legenda do objeto será “Table X:” (se você está escrevendo um artigo em português, apenas adicione \usepackage[portuguese]{babel} no preâmbulo do seu documento).

basic_tableau_1

Você provavelmente não quer alterar o type de tabela, porque é bem possível que queira utilizar tabelas e tableaux em seu documento. Idealmente, você não quer que tableaux sejam classificados como tabelas. Abaixo, sugiro uma solução relativamente simples. Para isso, precisaremos de dois pacotes. Primeiramente, no preâmbulo, criaremos um novo type, chamado tableau.

\usepackage{cast-of} % com este pacote, temos um argumento extra na elaboração de captions em floats
\usepackage{tocbasic}
\DeclareNewTOC[
  type=tableau,
  types=tableaux,
  float,
  floattype=4,
  name=Tableau,
  listname={List of Tableaux}
]{lop}

Agora, uma pequena alteração no script do tableau:

\begin{table}[h]\captionof{tableau}{Um exemplo} 

O resultado segue abaixo.

basic_tableau_2

Esta solução permite que (1) tableaux e tabelas sejam categorizados separadamente (ou seja, você tem diferentes legendas), e (2) seus índices separem ambas as classes.

Advertisements

2 thoughts on “OT Tableaux: tables vs. tableaux

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s